Weather for the Following Location: Rondonia map, Brazil
Banner Agencia

Espigão do Oeste passa por crise hídrica e Prefeito declara estado de calamidade pública devido à estiagem

Por No Ponto Notícias

O Prefeito de Espigão do Oeste, Wéliton Campos, decretou estado de calamidade pública no município devido à severa estiagem que tem impactado a região. A situação crítica resultou na secagem do Rio Palmeiras, de onde estão as bombas de captação de água para o tratamento e abastecimento da cidade. O serviço de tratamento e abastecimento de água no município é de responsabilidade do governo do estado, através da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd).

O município de Espigão do Oeste estava completamente despreparado para a situação de escassez de água. O Prefeito Wéliton Campos afirmou que não havia recebido nenhum comunicado oficial sobre a vulnerabilidade da situação do Rio Palmeiras, sendo surpreendido na manhã de terça-feira, 24 de outubro, quando a Caerd emitiu um comunicado para a população informando a interrupção total do abastecimento de água na cidade, sem estabelecer um prazo para a retomada do serviço.

O Rio Palmeiras, que mesmo em tempos de estiagem apresentava um fluxo maior de água, agora exibe apenas pequenas poças de água barrenta, com uma fina lâmina de água onde ainda há alguma correnteza. Embora a falta de água seja um problema recorrente no município, esta é a primeira vez que a cidade enfrenta uma situação tão caótica, deixando toda a população desabastecida.

O Prefeito Wéliton Campos, ao tomar conhecimento da gravidade da situação, cancelou todas as suas atividades e concentrou sua atenção na busca de soluções para minimizar os impactos a curto prazo. Ele também está buscando soluções junto às autoridades estaduais e federais para resolver os problemas de forma definitiva. Além disso, o prefeito buscou ajuda de municípios vizinhos, como Cacoal e Pimenta Bueno.

Na quarta-feira, o Prefeito Adailton Fúria e o deputado Cássio Gois estiveram em Espigão do Oeste para prestar assistência ao Prefeito Wéliton Campos. Eles enviaram vários caminhões-pipa com água tratada, que foram entregues nos reservatórios da Caerd e, em seguida, distribuídos pelo sistema de abastecimento para a população. A primeira remessa de água tratada entregue chegou a 500 mil litros. Na manhã desta quinta-feira, uma nova frota de caminhões-pipa foi enviada para continuar o abastecimento da população de Espigão do Oeste.

O Decreto nº 5805, emitido em 24 de outubro de 2023, declarando estado de calamidade pública em Espigão do Oeste, deve ser votado para validação pela Assembleia Legislativa de Rondônia na manhã de sexta-feira, 27 de outubro. Esta medida visa ações mais enérgicas por parte do município para resolver a crise hídrica e garantir o abastecimento de água à população local.

Redes Sociais:

Banner Site
Todas as Matérias

Recentes